sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

E o coração volta a bater...


Chevrolet...essa é a marca. Não é qualquer uma que faz um motor que fica desligado durante anos e religa em um dia, em bem menos de uma hora!!

Mas pra mexer com ele não foi fácil: como o tempo não estava bom foi preciso levá-lo pra debaixo do telhado da garagem, mas como o motor ainda não estava ligado foi tudo na base do trabalho braçal. A pouca largura do terreno, os pneus um tanto vazios e a inexistência da direção hidráulica tornaram a mudança de lugar um trabalho hercúleo.
Não basta ser dona, tem que perticipar: terminei com as mãos imundas da poeira da lataria e uma dor nos dois ombros que durou dias rsrsrs
Com a ajuda de um conhecido conseguimos abrir o capô e ver o que havia no cofre do motor: muita ferrugem!
Mas também um motorzão, apesar da ausência da bateria. Com uma bateria usada, um pouco de gasolina e de esforço, nós fizemos o motor roncar.E que som!!!!! Sinfonia, Mozart, Beethoven, Bach!! Apesar do escapamento furado o som era incrível e também era a renovação da nossa esperança.
Estabelecendo uma comparação entre ele e os carros atuais:
o carro da família é um Doblò, quando ele ficou dois dias seguidos sem ser ligado, o motor ratiou durante uns três minutos até que ligasse de novo. Foram só DOIS DIAS, o Opala ficou ANOS parado!!

Sem dúvida ainda há muito pra ser feito, o motor está bastante oxidado, em breve ele será limpo e retificado, e voltará aos 'dias de glória'!

Nenhum comentário:

Postar um comentário